domingo, 2 de julho de 2017

Portugal é um paiol roubado



 Já viram o que ultimamente se anda a passar em Portugal?
Cada vez mais crimes, cada vez mais criminosos, cada vez mais irresponsáveis, cada vez mais gente "do topo" com brutas mordomias e brutas remunerações a mostrar escandalosamente que não cumpre minimamente o seu dever, que nos envergonha como povo e nos ensombra a democracia e as conquistas que abril nos deu.
Com altas remunerações e infindáveis mordomias, escalpelizam cada vez mais o Estado Social para nosso infortúnio e não fazem nada ou quase nada que mereça aquilo que altivamente ostentam: os títulos, as condecorações, os lugares na sociedade, na política... 
Ainda mal refeitos dos horrores de Pedrogão e do terror que se viveu, aguardando com ansiedade que a justiça corra célere e a verdade também, recordo, igualmente, a morte daqueles jovens que nos Comandos perderam a vida graças à estupidificação de treinos militares e de militares que nunca o deveriam ser, ao ponto de terem contribuído para desfecho tão doloroso e ao mesmo tempo revoltante porque inadmissível.
Mergulhada nestes pensamentos, lendo o que tenho lido, vendo o que tenho visto, deparo-me hoje, mais uma vez pela imprensa, com o cenário negro de um país continuamente adiado em princípios e valores humanistas, concluindo quão lamacento anda Portugal e os seus "mandantes" mais os que ainda dormem o sono da razão.
O que chama logo a atenção e nos revolve as entranhas e nos revolta, são os títulos, claro, mas sobretudo, saber, neste caso, que o perímetro que circunda as unidades ficara sem a habitual vigilância das rondas feitas por militares da base na noite de terça para quarta-feira, quando se deu o assalto, que dentro das instalações estavam quase 20 paióis e apenas três foram assaltados, precisamente aqueles que tinham material relevante, sem a habitual vigilância de militares durante quase 20 horas e que, pasmem-se outra vez, que a vedação estava danificada  além de o sistema de videovigilância estar inoperacional há pelo menos dois anos!
Que é isto? Onde estão ou andavam os responsáveis? Que têm feito ao longo dos anos?
Se fosse um professor a faltar às aulas, por razões de força maior, justificadas, "caía o Carmo e a Trindade"!
Se fosse um médico "apanhado" a descansar a cabeça por breves momentos, numa urgência, de madrugada, "caía o Carmo e a Trindade”!
Um indivíduo que fora apanhado a roubar um champô (noticiado pelos jornais) foi logo preso. Estes militares...
Triste país! Parece que o que interessa mesmo é saber que o Ronaldo tem mais 2 filhos encomendados, que o Benfica está assim e assado, que o tal do Sporting casou outra vez, que se transferiu o jogador A para o clube B e que isso rendeu milhões e milhões ...
Estou farta disto! Nunca mais acabam estas merdices e estes merdosos.
Para ajudar, temos à porta as eleições autárquicas: todos "bentos e santos", sorridentes, bem-falantes, honestos, sérios, "limpinhos"...
Mas eu vou votar. Sim, vou votar mas não "nesta tropa".

Nazaré Oliveira

Ler notícia do PÚBLICO aqui.

VOTAREMOS APENAS EM CANDIDATOS QUE NÃO ESTEJAM COMPROMETIDOS COM A SELVAJARIA TAUROMÁQUICA

VOTAREMOS APENAS EM CANDIDATOS QUE NÃO ESTEJAM COMPROMETIDOS COM A SELVAJARIA TAUROMÁQUICA Proponho-me a reproduzir aqui o precio...