quinta-feira, 2 de abril de 2015

Malditas touradas!





Esta imagem mostra-nos bem quão cruel e desumana é essa besta a quem chamam toureiro (e os aficionados pelas touradas):

o pobre animal, indefeso, de olhar aterrorizado, sofrendo, agonizando, sentindo a morte, e o criminoso, bem ao seu lado, com um ar tresloucado, possesso, enterrando bem fundo a espada fatal, com fome e sede do sangue inocente que já jorra e se espalha e o asfixia lentamente... e sem ninguém que o ajude.

Continuarei a lutar com todas as minhas forças para que acabe esta maldita tortura, esta terrível crueldade.

Eu sou contra a tortura e a barbárie.

Eu sou contra as touradas.




Nazaré Oliveira

Esperança na luta contra o cancro!

Análise ao sangue  capaz de detectar e localizar oito tipos de cancro Investigadores apresentam um teste não invasivo que usa a inf...