sábado, 11 de agosto de 2012

Gestor ocupou cargos de administração em 73 empresas


1 exemplo entre 1.000!!!
E os que existem mas não conhecemos?
E os que conhecemos mas se puseram "a salvo"?
Tanto amor à Pátria, tanto amor à carteira!
QUE FAZER A ESTA GENTE E À GENTE QUE ISTO PERMITE?
QUE VERGONHOSO PARA UM PAÍS QUE ABRIU AS PORTAS "AO 25 DE ABRIL" E NELE QUIZ REALIZAR O SONHO DE UMA SOCIEDADE DEMOCRÁTICA E JUSTA!
QUE VERGONHOSO PARA UM PAÍS QUE HÁ 38 ANOS VARREU O SALAZARISMO-MARCELISMO!
O NOSSO PAÍS, NOVAMENTE, NAS MÃOS DE MEIA DÚZIA PARA PREJUÍZO DA MAIORIA DO POVO PORTUGUÊS?


Gestor ocupou cargos de administração em 73 empresas em 2010

Dados revelados pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) indicam que houve um conjunto de 17 gestores que ocupavam lugares de administração em 30 ou mais empresas.
É super-homem da gestão. Não está identificado mas no ano de 2010, este gestor tinha lugar na administração de 73 empresas.
Longe deste recorde olímpico, mas com um considerável número de empresas, estão 17 administradores que conseguiam trabalhar em pelo menos 30 empresas.
O Relatório Anual do Governo das Sociedades cotadas, relativo a 2010, revela que os administradores executivos a tempo inteiro acumulavam em média lugares de administração em 12 firmas de dentro e fora do grupo da sociedade onde exerciam funções.
Mas também existem gestores que não se desdobram: 55 apenas tinham um cargo.
Em ordenados, as empresas gastaram no total mais de 125 milhões de euros. Se tivermos em conta apenas os cargos executivos, a remuneração média foi de quase 450 mil euros.
Há 25 administradores que no ano de 2010 levaram para casa mais de um milhão de euros, entre eles cinco gestores não executivos.
Ainda segundo o documento, a gestão de empresas continua a ser um mundo de homens. Há apenas seis mulheres em cada 100 administradores e quando o Relatório se refere apenas a executivos, a média desce para quatro mulheres em 100, sendo que não há uma única presidente da Comissão Executiva.
Já a idade média dos administradores executivos desceu quase um ano, agora têm menos de 23 anos.
A ubiquidade de um administrador não identificado, que trabalhou em 73 empresas, foi revelada no relatório Anual do Governo das Sociedades cotadas, relativo a 2010, divulgado nesta terça-feira pela CMVM.

António Pinto Rodrigues. Publicado a 31 JUL 12 às 22:15


Este foi identificado! Quiseram identificá-lo!Vejam...
Aliás, só não o são TODOS os que assim "funcionam"porque "alguém" os encobre, certo?
E O FMI, NÃO VÊ ISTO?
QUE POLVO GIGANTE, ESTE, COM TENTÁCULOS E VENTOSAS INCONTÁVEIS!

Imprensa revela que gestor de 73 empresas é Miguel Pais do Amaral
A imprensa desta manhã apresenta o retrato do homem que tem assento simultaneamente em 73 empresas. E afinal quem é este "super-gestor"? É Miguel Pais do Amaral.

"Tá-se bem!"


São mais de uma centena, se contarmos com o facto de Pais do Amaral ser também gestor de várias empresas estrangeiras em Espanha, em Angola e no Brasil.
Por cá é acionista em duas empresas cotadas na bolsa: a Media Capital, dona da TVI, e a REDITUS, ligada às tecnologias de informação.
É ainda dono da editora LEYA e tem também investimentos na área dos vinhos, dos supermercados biológicos, do imobiliário e do turismo. Isto só para dar alguns exemplos.
Ao Jornal de Negócios, Pais do Amaral diz que não sabia que era o português que está em mais conselhos de administração, mas acha até alguma piada à ideia, acrescentando que é acionista de todas as empresas.
Questionado sobre como faz a gestão de tantos cargos responde ao Diário Económico que em muitos casos os conselhos de administração não reúnem ou se o fazem é apenas de seis em seis meses.
O relatório da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) é relativo a 2010, por isso Pais do Amaral admite que possa ter havido alguma alteração desde essa altura, mas desvaloriza a questão dizendo que contar o número de conselhos de administração a que pertence, não é a primeira coisa que faz quando acorda.

Sofia Santos. Publicado a 02 AGO 12 às 07:37

Toureiros & afins

Grande verdade!