quarta-feira, 19 de agosto de 2015

As touradas e a Política - As touradas e a RTP

 



Um touro colhe um cavalo em Abiúl, na "Corrida do Emigrante", que a RTP (Radio Televisão Portuguesa) transmitiu ontem à noite.
Quando acaba esta terrível barbaridade, crueldade, estes malditos e sádicos espetáculos? Que gente, esta, que isto vê, patrocina, promove, como a RTP e este medievalismo sanguinário, irracional, que não serve nem nunca serviu a cultura nem a dignidade que todos os animais merecem, sejam humanos ou não humanos?
E ninguém põe cobro "a isto"...

A RTP não pode continuar a fazer o que quer.
Serviço público?  Público? Que público? Que serviço? Qual a sua utilidade?

Vergonha, meus senhores! Ética, meus senhores!
Anda o nosso pouco e suado dinheiro (também) a subsidiar estes espetáculos de morte! COM QUE DIREITO? QUEM AUTORIZOU?

Isto não é nem nunca será cultura nem desporto.
Isto é tortura, tortura de seres inocentes, sadismo, diversão de e para gente perversa, frustrada, muito frustrada, muito mal consigo própria e com a vida.

Espero sinceramente que as próximas eleições tragam a mudança que há muito desejo para o meu país, particularmente, a mudança de mentalidade e uma nova atitude crítica, cívica, quer do nosso povo quer dos nossos representantes.

Sobretudo, espero seriedade na Política e uma legitimidade democrática que sirva verdadeiramente os interesses de um povo sistematicamente entorpecido pela  ignorância de quem nos tem governado e mentido através de campanhas eleitorais hábil e exclusivamente preparadas para a caça ao voto, vergonhosamente arquitetadas não em função de valores e de princípios mas em função de números e de uma estatística do Poder para a qual têm servido, mal e despudoradamente.

Tudo é Política, pessoal, e a Política é essencial às nossas vidas, ao desenvolvimento ou estagnação do nosso país e à defesa dos valores humanistas nos quais acreditamos ou perante os quais nos mostramos ou não indiferentes. 

Os maus políticos apropriam-se dos votos para chegarem ao hemiciclo de S. Bento ou aos ministérios e secretarias de estado ou outras instituições, caso da RTP e do seu Conselho de Administração, no qual, obviamente, o governo coloca homens da sua inteira confiança.
Os maus políticos só estão interessados na gestão e governo de si próprios e funcionam ou a mando das clientelas que financeiramente os suportam (a si, aos seus partidos, aos seus amigos e familiares), como estas, por exemplo, ligadas à tauromaquia.

Os bons políticos servem com dignidade as funções para as quais foram mandatados mas não se servem delas para se servirem.

Os bons políticos têm de ser bons cidadãos e os bons cidadãos servem boas causas.

Práticas bárbaras, cruéis, como as touradas e outros espetáculos macabros, boas causas não são nem nunca serão.

Têm de acabar.
Por isso mesmo.



Nazaré Oliveira


*Fotos, terríveis, dessa mesma "corrida", in https://www.facebook.com/ONGANIMAL

VOTAREMOS APENAS EM CANDIDATOS QUE NÃO ESTEJAM COMPROMETIDOS COM A SELVAJARIA TAUROMÁQUICA

VOTAREMOS APENAS EM CANDIDATOS QUE NÃO ESTEJAM COMPROMETIDOS COM A SELVAJARIA TAUROMÁQUICA Proponho-me a reproduzir aqui o precio...