domingo, 17 de novembro de 2013

João Oliveira


 Este deputado é dos melhores deputados que temos tido!
As suas palavras, de uma lucidez perturbadora porque perturbadora e real tem sido a vida de milhares de portugueses, são, por isso, dignas de ser partilhada pelos que, como eu, sentem nas suas intervenções a defesa dos valores democráticos agora vilipendiados e arrogantemente humilhados pelos que, aproveitando-se do voto que lhes foi delegado, dele se aproveitaram para humilhar quem trabalha e engrandecer cada vez mais quem rouba e corrupto é.

Grande João Oliveira!

Mais uma prova de que a Política missão nobre é e necessária sempre será, e de que nem todos os deputados são  iguais.

Aqui publico uma das suas últimas intervenções, uma autêntica lição de História e de Democracia.
Sim, porque a História também se constrói no Presente, e porque muitos portugueses não podem continuar a fazer de conta que isto verdade não é!

Até quando vamos admitir esta política ditatorial, cruel nas medidas que toma em relação aos que já mal viviam e agora já mal sobrevivem?

Até quando vamos admitir esta política ditatorial devastadora dos princípios democráticos e constitucionalmente garantidos desde Abril de 1974?

Não temos governo. Temos usurpadores do Poder. Gente sem princípios e sem competência que enganou o povo e desrespeita completamente a Constituição, manipulando habilmente as instituições democráticas em nome de interesses oligárquicos político-partidários, voltados para o cumprimento de um programa de ajustamento que de ajustamento nada tem, antes, de empobrecimento de quem trabalha, desumanidade, cada vez mais endividamento e até perda de soberania e de sentido de Estado.

Porque um governo minimamente decente jamais roubaria o seu próprio povo para pagar uma dívida que ele nunca contraiu.

Porque um governo minimamente decente jamais implementaria medidas que à miséria e morte o país condenam e à dependência externa também.

Porque um governo democrático jamais sacrificaria o seu povo em nome do grande capital.





 

VOTAREMOS APENAS EM CANDIDATOS QUE NÃO ESTEJAM COMPROMETIDOS COM A SELVAJARIA TAUROMÁQUICA

VOTAREMOS APENAS EM CANDIDATOS QUE NÃO ESTEJAM COMPROMETIDOS COM A SELVAJARIA TAUROMÁQUICA Proponho-me a reproduzir aqui o precio...