sábado, 23 de junho de 2012

Austeridade em Portugal?


Esta e este tipo de notícias deveria estar em todos os Telejornais, em todas as primeiras páginas dos jornais, ser discutida na Assembleia da República, ser conhecida pela troika, chegar ao Parlamento Europeu…

CHEGA DE GOZO COM OS PORTUGUESES SÉRIOS que continuam a sofrer a austeridade sem limites (para os sofredores do costume!) dos mandões da política portuguesa e dos lóbis instalados! E CHEGA DE CRUELDADE PARA COM OS SERES INDEFESOS COMO ESTES POBRES ANIMAIS! 

Que nojo! Dá vómitos saber que isto está a acontecer neste país “à beira da estupidez plantado”!



A câmara municipal de Angra do Heroísmo vai pagar 290.000 euros para a realização de três corridas de touros, integradas no programa das suas Festas Sanjoaninas de 2012. Infelizmente, ainda temos muito frescas na memória as imagens das touradas do passado ano, particularmente chocantes pela forma atroz e bárbara com que foram tratados os animais, touros e cavalos

Toda a gente sabe que atualmente este tipo de espetáculos bárbaros só consegue manter-se devido às grandes quantidades de dinheiros públicos que constantemente são enterrados neles. E este argumento ficou ainda mais evidente agora, neste ano, quando a redução do apoio dado pela câmara municipal levou automaticamente à redução do número de corridas de touros de quatro para três.

Os 290.000 euros pagos este ano significam que cada família do município, goste ou não goste, vai contribuir aproximadamente com 32 euros para financiar estas corridas de touros. Não há dúvidas de que este dinheiro, na atual conjuntura económica e com o progressivo empobrecimento que sofrem os açorianos, seria muito melhor gasto em atender as mais graves e urgentes necessidades das famílias do município. Mas a câmara municipal não entende que seja esta a prioridade. Para ela é mais importante satisfazer os apetites duma pequena elite devoradora de dinheiros públicos.

Mas, como se toda esta degradação política não bastasse, a câmara municipal também vai organizar na praça de touros uma tourada “para crianças e idosos” e ainda uma espera de gado também para crianças. Nestes eventos nunca é respeitado o limite legal de seis anos necessário para as crianças poderem assistir a este tipo de espetáculos. Mas já estamos habituados a que a lei nunca seja respeitada no que se refere ao mundo das touradas. Assim aconteceu, com total impunidade, com a sorte de varas praticada no passado “Fórum da cultura taurina” (financiado com 75.000 euros pelo governo regional) ou com a tourada realizada em dia de luto nacional.



Publicado por D.M. Santos

in http://osverdesacores.blogspot.pt/2012/06/espectaculo-barbaro-custa-290000-euros.html

Toureiros & afins

Grande verdade!