quinta-feira, 26 de maio de 2011

Festa, alegria, lágrimas e sofrimento.

O filme que aqui publico é terrível, sim, mas é importante mostrá-lo.
Apesar de exibido a todas as horas, em todo o mundo, com protagonistas e cenários diferentes mas sempre com o mesmo enredo e o mesmo fim.
Em segundos, partimos da alegria para a dor. Da vida para a morte. Da música para o silêncio. Da luz para a escuridão.

Iniciando a viagem sem regresso que marcará, para sempre, os que ficaram mergulhados na dor e na revolta.

Ficou o brilho das estrelas. O sol e o mar. O verde da terra e o azul do céu. A saudade e o Amor...mas eles não ficaram.


Toureiros & afins

Grande verdade!