sexta-feira, 14 de novembro de 2014

O governo diz que procura proteger quem tem menos!



O Jornal I, através da Lusa, noticiava dia 11 deste mês que a ministra das Finanças dissera que o governo procurava "proteger quem tinha menos.
Só se for em sonhos, porque a realidade é bem dura e bem cruel.
"Proteger quem tem menos". Devem estar a gozar comigo. Conosco. Continuam a gozar conosco.
A pobreza a disparar para 2,88 milhões de pessoas e a situar-se em níveis superiores aos de 2008, e esta senhora a falar deste modo!
Esta ministra, esta mulher, faz que sabe mas não sabe. Aliás, aprendeu com quem a convidou! Com aquele arzinho de quem ninguém é melhor do que ela, olha-nos e fala-nos como se fosse dona da verdade e nós tivéssemos de a reconhecer como tal.
Que descarada! Que descarados! Dizer que "a classe média acaba por ser a grande sacrificada" em 2015, uma vez que o governo procura "proteger quem tem menos" e porque "não há muitos ricos em Portugal".
Sim, a classe média foi e continua a ser a grande sacrificada, mas daí a não haver muitos ricos em Portugal!...
Devem estar a gozar comigo. Conosco. Continuam a gozar conosco.
Nem sabem contar, fogo! Nem ver!


Nazaré Oliveira



Sr. Bruno Carvalho, tenha vergonha!

Já não há pachorra para aturar este indivíduo!  Um indivíduo tão malcriadamente desafiador do bom senso, tão arrogantemente agar...