sábado, 25 de junho de 2011

riachos

Sempre adorei pequenos riachos desde criança. Ficar ao pé deles, sentada, vendo-os correr e saltar por entre as pedras macias e o verde feliz à sua volta.
A água límpida e fresca que passava, num cenário sublime de beleza e poesia, ligavam-me cada vez mais à deusa-mãe e ao fascínio da terra. 
Nos meses de Verão, na minha infância, nas minhas férias grandes, sentir esta frescura, esta melodia, seguir até perder de vista os "barquinhos" que passavam, ouvir rãs, pássaros, o silêncio, sentir o cheiro dos pinheiros e da terra acabada de regar...foi um privilégio!

(foto de JP Nascimento in http://trasmontesdepaisagens.blogs.sapo.pt/)


 

Toureiros & afins

Grande verdade!